• B1.jpg
  • B2.jpg
  • B3.jpg
  • B4.jpg
  • B5.jpg
  • b18.jpg

Centro de Estudo de Políticas e Programas Agroalimentares (CEPPAG)

O Centro de Estudo de Políticas e Programas Agroalimentares (CEPPAG) é uma unidade orgânica da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) que produz e dissemina resultados de investigação aplicada, contribuindo para a formulação de políticas agroalimentares baseadas em evidências. O CEPPAG foi criado em 2012 e operacionalizado em 2014.

O CEPPAG foi criado em resposta à necessidade de uma instituição especializada na formulação e aconselhamento na implementação de políticas agroalimentares, facilitando a aprendizagem colectiva e interacção permanente entre os diversos actores do sistema agroalimentar, conseguindo assim uma melhor utilização dos recursos existentes para formulação de políticas agroalimentares baseadas em evidências.

A participação dos principais actores nacionais no sector agroalimentar é assegurado através do Conselho do CEPPAG, no qual têm assento representantes de Ministérios Públicos, Banco Central, Autoridade Tributária, Academia, Camponeses, e Sector Privado.

O CEPPAG é membro fundador da Rede Regional de Institutos de Políticas Agrárias (ReNAPRI), da qual fazem parte institutos de políticas de Moçambique, África do Sul, Quénia, Uganda,Malawi, República Democrática do Congo,Tanzânia, Zâmbia e Zimbábwè.

 

O Centro de Estudo de Políticas e Programas Agroalimentares (CEPPAG) é uma unidade orgânica da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) que produz e dissemina resultados de investigação aplicada, contribuindo para a formulação de políticas agroalimentares baseadas em evidências. O CEPPAG foi criado em 2012 e operacionalizado em 2014.

O CEPPAG foi criado em resposta à necessidade de uma instituição especializada na formulação e aconselhamento na implementação de políticas agroalimentares, facilitando a aprendizagem colectiva e interacção permanente entre os diversos actores do sistema agroalimentar, conseguindo assim uma melhor utilização dos recursos existentes para formulação de políticas agroalimentares baseadas em evidências.

 

 A participação dos principais actores nacionais no sector agroalimentar é assegurado através do Conselho do CEPPAG, no qual têm assento representantes de Ministérios Públicos, Banco Central, Autoridade Tributária, Academia, Camponeses, e Sector Privado. O CEPPAG é membro fundador da Rede Regional de Institutos de Políticas Agrárias (ReNAPRI), da qual fazem parte institutos de políticas de Moçambique, África do Sul, Quénia, Uganda, Malawi, República Democrática do Congo, Tanzânia, Zâmbia e Zimbábwè.

 

 

O Conselho do CEPPAG é o órgão superior de decisão ao nível do Centro. O Conselho é    responsável por aprovar a agenda de investigação, o orçamento e o relatório anual do CEPPAG. As seguintes entidades têm assento no Conselho do CEPPAG:

• Ministério da Agricultura e Segurança Alimentar;

• Ministério da Economia e Finanças;

• Ministério da Indústria e Comércio;

• Banco de Moçambique;

• Autoridade Tributária de Moçambique;

• Instituto de Investigação Agrária de Moçambique;

• Faculdades de Agronomia e Engenharia Florestal , Economia, e Veterinária da UEM;

• Representante dos Camponeses (União Nacional dos Camponeses - UNAC);

• Sector Privado (Confederação das Associações Económicas - CTA);

• Parceiros de Desenvolvimento.

 

Visão

Um Moçambique com melhor qualidade de vida, sem insegurança alimentar e nutricional, fruto de políticas e programas agroalimentares informados por resultados de pesquisa. 

 

Missão

Consolidar e aumentar a capacidade nacional para produzir investigação aplicada orientada para formulação de políticas agroalimentares, e consciencializar os decisores públicos sobre a tomada de decisões baseadas em evidências.

 

Objectivos

  • Providenciar investigação empírica especializada na área agroalimentar;
  • Consciencializar ainda mais os decisores sobre o papel das políticas agroalimentares no aumento da produtividade agrária e desenvolvimento da agricultura em Moçambique;
  • Promover parcerias e troca de experiências que mobilizem massa crítica e reduzam o isolamento dos investigadores;
  • Servir de plataforma que permita gerar e desenvolver ideias de pesquisa empírica que resulte em políticas agrárias e alimentares

Baixar Artigos

Acesse e baixe todos os artigos publicados no CEPPAG

Baixar Artigos

Baixar Nota Técnica

Acesse e baixe todas as notas técnicas do CEPPAG

Baixar Nota Técnica

Baixar Síntese Para Políticas

Acesse e baixe todas as Sínteses Para Políticas do CEPPAG

Baixar Síntese