CEPPAG capacita quadros nacionais em modelos de equilibrio parcial para agricultura

 

Representantes de instituições que lidam com o sector agrário foram capacitados em técnicas de modelação e equilibrio parcial na agricultura para uma melhor modelação no sector agrário do país.
O seminário, organizado pelo Centro de Estudos de Políticas e Programas Agroalimentares da UEM (CEPPAG), contou com a participação de representates do Banco Central, do Ministério da Indústria e Comércio e da Autoridade Tributária de Moçambique.
O objectivo foi de dar iníncio da produção do panorama nacional para agricultura durante o qual efectuar-se-á a descrição dos cenários actuais do sector agrário do país, o que permitirá, por seu turno, a simulação de políticas com base no conhecimento adquirido durante a capacitação.
Assim, de acordo com o Directior do CEPPAG, Prof. Doutor Emílio Tostão, a equipa multinstitucional que foram capacitadas irão proceder, todos os anos, a elaboração de um documento para orientar os decisores de políticas a tomarem decisões baseadas na evidência.
Na abertura do seminário, o Reitor da UEM, Prof. Doutor Orlando Quilambo, realçou a importância do evento afrimando que ela vem responder ao apelo lançado pelo governo moçambicano da necessidade de produzir recomendações baseadas em evidências.
Para o Reitor da UEM, um sector da agricultura produtivo, próspero e viável, tem elevado potencial para gerar desenvolvimento económico social inclusivo em Moçambique. "A capacitação que hoje inicia será fundamental na preparação do panorama agrário para Moçambique que o CEPPAG e parceriros pretendem iniciar brevemente, como resposta ao desafio imposto pela necessidade de produzir recomendações de políticas baseadas em evidências ", disse.
O programa inclui cenários da base, projecções futuras dos mercados de comunidades de milho e arroz em sistemas que apresentam desafios profundos, que incluem o crescimento populacional e mudanças climáticas.
Segundo o Reitor, esta capacitação vai ajudar no fortalecimento da contribuição do CEPPAG e dos quadros nacionais na investigação, disseminação de informação e criação da capacidade de análise de políticas para o país.
O seminário decorreu de 15 a 19 de Agosto de 2016. para além dos representantes moçambicanos, estiveram presentes os partcipantes provenientes de Instituições de Ensino Superior dos EUA e da Universidade de Pretória, na África do Sul.